Você está ouvindo: Radio WEB Chamamé MS

Festival Cultural do Chamamé

Festival Cultural do Chamamé - 15/09/2017

FESTIVAL CULTURAL DO CHAMAMÉ DO MATO GROSSO DO SUL

INTEGRAÇÃO: BRASIL – ARGENTINA - PARAGUAI

Campo Grande MS – 15 a 24 de Setembro de 2017

O Festival Cultural do Chamamé do Mato Grosso do Sul, Integração Brasil – Argentina – Paraguai, será realizado em Setembro de 2017 na capital brasileira do Chamamé, Campo Grande.

Um festival de muitas cabeças, anual, calcado na tradição e identidade territorial da fronteira, para marcar Campo Grande como palco do chamamé mundial e difundir a sua expressão pantaneira, alma do Mato Grosso do Sul, um encontro de músicos e bailarinos do Brasil, Argentina e Paraguai.

O Mato Grosso do Sul instituiu o Dia Estadual do Chamamé com a Lei nº 3.837/ 2009, dedicando-lhe o dia 19 de setembro para as comemorações. A Lei abriu porteiras e está possibilitando novas conquistas para os artistas sul-mato-grossenses que se dedicam a esse gênero musical postulante ao Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade ante a UNESCO.

Campo Grande possui uma grande diversidade de culturas do mundo que formam sua identidade. O sistema de representações culturais, além do trinômio, polca, chamamé e guarânia, ritmos do chamamé e expressões de destaque ímpar da cultura musical sul-mato-grossense, difundidas por boiadeiros no século XX, inclui a dança de salão, o hábito de tomar o tereré e a degustação de iguarias como a sopa paraguaia e a chipa.

Durante cinco dias, de 15 a 24 de setembro, serão realizadas diversas apresentações artísticas – shows musicais, vocais, instrumentais e danças. O evento contará também com outras atrações como a feira de gastronomia da fronteira, comida show do pantanal, seminário de intercâmbio internacional, oficina e concurso para bailarinos, bailes pantaneiros, concerto instrumental, tributo e homenagens. Atividades que ocuparão espaços culturais em todas as regiões da cidade: Concha Acústica Helena Meirelles, Parque das Nações Indígenas, Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, Museu de Arte Contemporânea, Colônia Paraguaia.

Orivaldo Mengual

Diretor/Presidente

Galeria de Imagens

Comentários